Home / Agenda de Eventos / Bienal Internacional vai transformar Curitiba na capital dos quadrinhos
Bienal Internacional vai transformar Curitiba na capital dos quadrinhos

Bienal Internacional vai transformar Curitiba na capital dos quadrinhos

As histórias em quadrinhos vão tomar conta do feriado de 7 de setembro em Curitiba. Entre esta quinta-feira e domingo (6 a 9), o Museu Municipal de Arte (MuMA), no Portão, vai receber a 5ª edição da Bienal Internacional de Quadrinhos, com palestras, debates, feira de HQs, sessão de autógrafos, oficinas, shows musicais e exposições simultâneas. Todas as atividades serão gratuitas.

A bienal é considerada o maior evento de quadrinhos do Sul do país e tem o apoio da Fundação Cultural. A curadoria é de Mitie Taketani, proprietária da loja Itiban Comic Shop, e de Érico Assis, jornalista especializado em quadrinhos e tradutor de HQs como “Retalhos” e “Habibi”, de Craig Thompson, e “O Escultor”, de Scott McCloud.

São mais de 60 artistas convidados, como Gidalti Jr., autor de “Castanha do Pará”, primeira obra ganhadora da categoria História em Quadrinhos do Prêmio Jabuti e Marcelo D’Salete – vencedor do prêmio Eisner, o mais importante do mundo em se tratando de HQs, com sua obra “Cumbe/ Angola Janga”.

O homenageado da edição, que irá receber o Prêmio Cláudio Seto de Quadrinhos, é Key Imaguire. Arquiteto onipresente em Curitiba, é um agitador cultural convicto, dono de um precioso acervo de quadrinhos e idealizador da Gibiteca de Curitiba, a primeira do Brasil.

Cidade em quadrinhos

O tema escolhido para a edição 2018 é “A Cidade em Quadrinhos”. A relação com o ambiente urbano, a utilização do espaço público, as diferentes culturas que circulam pelos grandes centros e os microambientes de cada bairro, casa e vida em contraste com a urbe são temas que figuram em grandes obras dos quadrinhos e interesse de vários autores.

Sonhar Curitiba & Olhar a Cidade

Seguindo o tema desta edição, “A Cidade em Quadrinhos”, os artistas serão convidados para um desafio e uma reflexão: que cidade imaginam para o futuro? O resultado dessa observação crítica poderá ser apreciado em obras de tamanhos e técnicas diversas, como grafite, colagem, ilustração e em meio digital.

Os trabalhos farão parte da mostra “Sonhar Curitiba” e estarão expostos na sala 1 do MuMA – Portão Cultural, durante os dias do evento. Em outra ação, Marcello Quintanilha vai passear por Curitiba para redescobrir e retratar a art déco, característica arquitetônica que viveu seu apogeu na década de 30. Esta é a ação “Olhar a Cidade”, residência que integra a Bienal deste ano em parceria com o SESI.

O responsável por unir essas duas ações é Guilherme Caldas, “explorador” e ciclista convicto. O artista vai percorrer Curitiba de ponta a ponta para revelar o que passa despercebido. A Casa Heitor Stockler de França, no Centro de Curitiba, será o local onde os artistas irão desenvolver suas ideias e colocá-las no papel.

A exposição estará em uma das salas da Bienal, no MuMA – Portão Cultural.

Nós em Traço

O coletivo multidisciplinar formado por Alessandra Lange, Ana Paula Luz, Juliane Engelhardt e Patrícia Machado atua entre as fronteiras da Dança, da Educação e das Artes Visuais, com foco no público infantil. Uma sala do MuMA – Portão Cultural irá receber esta performance no sábado (8/9), a partir das 15h.

Croquis Urbanos

Desenhar ao ar livre por puro prazer, estimular a diversidade de linguagens gráficas e despertar o interesse por personagens, pela arquitetura e pelo design urbano de Curitiba. Esta é a proposta que move há cinco anos o grupo Croquis Urbanos, formado por amadores e profissionais, que semanalmente se encontra para observar e “eternizar” cenas do cotidiano da cidade.

Durante a Bienal, os artistas e interessados vão retratar o MuMA – Portão Cultural. Para participar é só levar seu material de desenho. Esta ação ocorre no domingo (9/9), a partir das 11h.

Impressão Minha (27’15”)

Dirigido por Gabriela Leite, Daniel Salaroli e João Rabello, o documentário “Impressão Minha” discute o mercado editorial independente e o livro como objeto. Lançado no MIS (SP) em julho deste ano, o filme será exibido no domingo (9/9), às 17h.

Serviço: Bienal de Quadrinhos de Curitiba 2018
Local: Museu Municipal de Arte (MuMA)
Portão Cultural – Avenida República Argentina, 3432, Portão
Data: de 6 a 9 de setembro
Ingresso grátis

Fonte: PMC

Foto: Jardim Botânico/V.Lentcsh/Face da Notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Vá para o topo