Home / Agenda de Eventos / Notícias / Minimercado modelo mostra como inovação e tecnologia podem transformar pequeno varejo
Minimercado modelo mostra como inovação e  tecnologia podem transformar pequeno varejo

Minimercado modelo mostra como inovação e tecnologia podem transformar pequeno varejo

 

PINHAIS – Um minimercado modelo, com o que há de mais moderno em conceitos e tecnologia aplicada ao varejo, aliado a palestras técnicas, dicas de especialistas e apresentação de estratégias para ser sucesso em vendas. É assim que o Sebrae/PR e o Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, em parceria com a Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (ABAD), o Sindicato do Comércio Atacadista do Paraná (Sinca-PR) e a Associação Paranaense de Supermercadistas (Apras)  pretendem sensibilizar empresários paranaenses do comércio varejista sobre as vantagens de se modernizar e investir em novidades, para atender melhor consumidores cada vez mais exigentes.

3

O minimercado modelo, com 189 metros quadrados de área construída, terá seções para bebidas, frutas e verduras, açougue e ainda uma padaria com cheiro simulando pão recém-saído do forno. O espaço, especialmente pensado pelo Sebrae/PR e Fecomércio, vai funcionar de 4 a 7 de agosto, das 14 às 22 horas, durante a 34ª Convenção Anual do Atacadista Distribuidor, da ABAD, no Expotrade Convention Center, que fica na Rodovia João Leopoldo Jacomel, nº 10.454, em Pinhais, na Grande Curitiba. O minimercado modelo mostrará ainda, na prática e de forma pedagógica, como a sonorização; a aromatização, também chamada de marketing olfativo; as cores; a iluminação direcionada; a comunicação clara e objetiva e uma boa sinalização podem fazer a diferença nos negócios e chamar a atenção dos clientes.

 

Os empresários e o público em geral também poderão conferir tecnologias, antes restritas às grandes redes supermercadistas e que hoje são de fácil acesso ao pequeno varejo, dentre elas o QR Code, o código de barras bidimensional; expositor inteligente; automação comercial; self check-out; prevenção de perda; inventário inteligente; etiqueta eletrônica; sistema de caixa inteligente e e-commerce. “O minimercado modelo funcionará como um exercício de tendências, para mostrar às micro e pequenas empresas como é possível trabalhar com essas ferramentas no dia a dia dos negócios. A ideia é desmistificar a inovação e a tecnologia, hoje também nas ‘mãos’ dos pequenos negócios”, afirma o coordenador estadual de Comércio, Bens e Serviços do Sebrae/PR, Osmar Dalquano.

 

O assessor da presidência da Fecomércio, Paikan Salomon de Mello e Silva, destaca a importância da iniciativa e a oportunidade de os empresários de todo o Estado conhecerem de perto, durante o evento da ABAD, um exemplo de pequeno varejo organizado. “O papel da Fecomércio e do Sebrae/PR, com o minimercado modelo, é ‘provocar’ os empresários a inovar, a repensar seus negócios. Para facilitar esse processo, também serão oferecidos conteúdos relacionados ao tema, que serão repassados por especialistas por meio de uma intensa programação de palestras”, destaca o Paikan Salomon, lembrando que empresários do interior também já confirmaram presença no evento.

 

Varejo Top Loja

 

A criação de um minimercado modelo foi inspirada num trabalho desenvolvido pelo Sebrae/PR e Fecomércio, há pouco mais de um ano, com empresários de minimercados paranaenses, o Projeto Varejo TOP Loja Minimercados. A proposta, desde então, é capacitar micro e pequenas empresas do segmento para competir com grandes redes que passaram a atuar também no formato de minimercados em bairros. A proposta tem a parceria do Sinca e da Apras.

O projeto é inédito no Brasil e vem sendo realizado no Paraná, em quatro municípios: Curitiba, Ponta Grossa, Ivaiporã e Francisco Beltrão. O Projeto é uma iniciativa do Sebrae Nacional e cada estado deve atuar com ações segmentadas. No caso do Paraná, além de minimercados, também são realizada ações nos setores de confecção e materiais de construção.

A sobrevivência dos antigos minimercados nos bairros, na avaliação de Osmar Dalquano, está ameaçada pelas grandes redes. “Por isso a necessidade de se tornarem mais competitivos.” Um estudo feito pela GFK Mercado de Vizinhança – que serviu de apoio para o projeto Varejo TOP Loja Minimercados – mostra que existem mais de 50 mil estabelecimentos com esse perfil espalhados no País, que respondem por 40% do volume de vendas dos segmentos de alimentos, bebidas, limpeza, higiene e beleza.

“É muito importante que o empresário se prepare para sobreviver ao novo cenário, buscando sempre se modernizar, criar um plano de trabalho à longo prazo e inovar. O perfil do consumidor mudou muito. Ele não faz mais compras para estocar em casa, agora ele vai duas, três vezes na semana no mercado. E por isso, acaba comprando até 30% a mais daquilo que tinha planejado, por impulso. É preciso pensar em estratégias para agregar mais diferenciais à venda e atrair clientes”, explica Paikan Salomon.

Programação

 

O minimercado modelo funcionará das 14 às 22 horas no Expotrade Pinhais. As palestras começam no dia 5 e vão até o dia 7, das 15 às 22 horas. No dia 5, por exemplo, os temas são “Como atrair, converter e reter seu cliente”; “O Marketing Sensorial para minimercados – estratégias para impulsionar suas vendas”, “Como uma conferência ágil e assertiva de suas mercadorias pode impactar no resultado do seu negócio”, “O uso da tecnologia e sua gestão de supermercados”. No dia 6, “Desvendando os caminhos do shopper”, “Noções de logística de produtos”, “Análise econômica e tendências para o varejo”; e “Impactos do eSocial na gestão de microempresas”. E no dia 7, “Gestão da Informação”; “Formação de preço de venda”; “A força do setor de perecíveis”; e “Inovar para gerenciar competitividade e B2B Sincovaga”, dentre outros.

 

Sobre o Sebrae/PR

 

Para quem já é ou quer ser empresário, o Sebrae/PR – Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná é a opção mais fácil e econômica de obter informações e conhecimento. Criado na década de 1970, o Sebrae apoia as decisões dos empresários, dos potenciais empresários e dos potenciais empreendedores, no campo e na cidade, porque é a instituição que entende de pequenos negócios e possui a maior rede de atendimento do País. No Paraná, conta com seis regionais e 11 escritórios. A instituição chega aos 399 municípios por meio de Pontos de Atendimento ao Empreendedor, Salas do Empreendedor e parceiros locais, como associações, sindicatos, cooperativas, órgãos públicos e privados. O Sebrae/PR oferece palestras, orientações, capacitações, treinamentos, projetos, programas e soluções empresariais, com foco em empreendedorismo e gestão; empresas de alto potencial e potencialização; educação empreendedora; startups; liderança; e ambiente de negócios.

Um comentário

  1. Ueslen Felipe Gazaro

    Olá Pessoal, Sou de Santa Catarina, e infelizmente não pude comparecer nesse evento, mas pelas matérias que li, achei muito bacana essa feira organizada pela ABAD, é bom saber que possuem pessoas que pensam também nos pequenos comércios (minimercados). Queria saber se haverá algum vídeo, ou algo do tipo para mostrar como foi as palestras e a feira em si. Desde já muito obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Vá para o topo