Home / Agenda de Eventos / Notícias / Pinhais, Piraquara e Quatro Barras lançam Ciclorrota Nascentes do Iguaçu
Pinhais, Piraquara e Quatro Barras lançam Ciclorrota Nascentes do Iguaçu

Pinhais, Piraquara e Quatro Barras lançam Ciclorrota Nascentes do Iguaçu

Inspirados no cicloturismo europeu que promove o turismo local com uma série de serviços, Pinhais, Piraquara e Quatro Barras, cidades da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) conhecidas por belas paisagens naturais e um amplo circuito turístico, unem forças e criam a Ciclorrotas Nascentes do Iguaçu. Com 42,1 quilômetros de extensão, o circuito é composto por florestas, campos, várzeas e montanhas que guardam a pureza das águas que abastecem a grande Curitiba, formando o gigante Rio Iguaçu.

Neste trajeto os cicloturistas conhecerão um pouco mais da história dos povos que colonizaram a região, além de terem diversas opções de lazer e gastronomia, bem como serviços associados. Ao longo do trajeto toda a infraestrutura foi pensada para proporcionar mais conforto e informações aos turistas. Para isso serão instalados totens e placas indicativas, estas com informações detalhadas da Ciclorrota e específicas sobre a região. Estas contarão ainda com QR Codes (também existentes nos materiais impressos) que levarão a um mapa turístico digital de cada município.

O circuito conta com trechos asfaltados, estrada de chão, outros pisos e a elevação é variada, proporcionando mais ação ao turismo, tudo isso com belas paisagens naturais levando mais emoção. Soma-se a isso a rica história da região, muito lazer, uma variada gastronomia e muitos outros serviços. Sua infraestrutura foi pensada para atrair não somente ciclistas, mas também corredores, caminhantes e turistas.

Rotas Menores Temáticas
Para trazer ainda mais facilidade aos cicloturistas, o roteiro é dividido em Rotas Menores Temáticas, sendo a principal delas com 42,1 quilômetros, iniciando e terminando no Parque das Águas de Pinhais. Nas Rotas Menores os cicloturistas poderão iniciar em qualquer um dos 13 pontos, as quais somadas terão uma extensão superior a 255 quilômetros.

Em Pinhais as Rotas Menores são divididas em quatro: Cervejeira (9,9 km), Caminho das Águas (15,6 km), Ecológica (7,3 km) e Curitiba-Parque das Águas (5,9 km). Em Piraquara elas são cinco: Parque das Águas Piraquara (18 km), Mananciais da Serra (20 km), Túnel da Roça Nova (26,4 km), Colonização Trentina (14,2 km) e Morro do Canal/Aldeia (8,6 km). Já em Quatro Barras também serão quatro Rotas Menores: Montanhas (12,km), Caminho do Itupava (9,3 km), Graciosa Mata Atlântica (24,3 km) e Circular Quatro Barras (19,3 km).

Lançamento
O lançamento oficial da Ciclorrota Nascente do Iguaçu já tem data, será no domingo, dia 18 de agosto, com uma pedalada inaugural que contará com eventos especiais em cada uma das cidades participantes. Em Pinhais, a concentração começará às 8h30 no Parque das Águas, com saída às 9h. Os cicloturistas seguirão para Piraquara onde o evento de inauguração será às 10h30, e às 11h30 Quatro Barras terá seu evento oficial de lançamento.

Para apresentar a Ciclorrota, representantes dos três municípios estiveram, na tarde de terça-feira (9), na Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), onde apresentaram o circuito para o presidente Gilson Santos, e também foram recebidos pelo diretor geral, Raphael Rolim de Moura. Gilson destacou a vontade de que este trajeto seja referência e que possa agregar outras cidades da grande Curitiba.

Na oportunidade, o diretor de Comunicação de Pinhais, Márcio Mainardes, um dos idealizadores da Ciclorrotas, lembrou que a ideia surgiu em 2017 e, deste então, busca a união dos municípios para a concretização desse roteiro. “Com esta Rota é possível cada participante elevar seu turismo possibilitando mais pessoas conhecerem as belezas naturais, culturais e empreendimentos de cada cidade”, destacou. Pinhais foi ainda representada pelo diretor de Eventos e Turismo, Wilton Neto.

Também presente, o secretário de Governo de Quatro Barras, Marco Aurélio Bürkner, lembrou que o circuito tem atrativos para manter os turistas por dias, pois também conta com opções de hospedagem e rica gastronomia. A visita na Comec teve ainda a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico de Piraquara, Jean Carlos, e da diretora de Turismo de Piraquara, Mariana Gregório.

Pinhais
A menor cidade do Paraná em extensão territorial é um dos mais novos municípios do Paraná, e também o mais próximo do centro da capital do Estado. Com uma infraestrutura invejável, quase 100% das suas ruas são pavimentadas, o modelo de gestão também é inovador ao aliar o cuidado com meio ambiente, inovação tecnológica e desenvolvimento econômico. Hoje, Pinhais é uma das grandes cidades com qualidade de vida e desponta como cidade turística no cenário nacional, com a presença de roteiros alternativos, como a Rota da Cerveja. Dentre os principais atrativos estão: o Parque das Águas – um dos maiores parques da região, o Autódromo Internacional, Expotrade Convention Center, Parque da Ciência Newton Freire Maia, além dos seus festivais de teatro, dança, artes e outros.

Piraquara
Conhecida por abrigar as nascentes do Rio Iguaçu em seus mananciais de águas cristalinas, é cenários de belezas diversificadas. Sua rica cultura vinda da colonização italiana se demonstra na arquitetura, costumes locais e gastronomia. A cidade, cujo nome em tupi significa “toca de peixe”, tem 93% do seu território como área de proteção ambiental. Entre os pontos turísticos mais visitados estão o Morro do Canal, o Reservatório do Carvalho e a Aldeia Indígena Araçaí, de etnia guarani. Cortando Piraquara está a centenária estrada de ferro que liga Curitiba a Morretes, onde a aventura começa no primeiro túnel, na localidade de Roça Nova, com  429 metros de extensão. A cidade possui ainda inúmeros locais para a prática de turismos de aventura, rural e ecológico, além do cicloturismo que compõem o calendário de atividades turísticas ao longo do ano.

Quatro Barras
Rica em história, Quatro Barras ainda reserva trechos dos primeiros caminhos coloniais que conectaram o litoral ao planalto de Curitiba, por onde foram transportadas riquezas que marcaram os ciclos de desenvolvimento do Estado. A natureza está presente no próprio nome “Quatro Barras” – alusão às barras dos rios que esbanjam água pura. Nesta região a Serra do Mar mostra seus primeiros relevos como os Morros Anhangava e Pão de Loth, que abrigam uma verdadeira explosão de vida. Além da gastronomia diversificada, a hospedagem é outro grande atrativo. Caminhada, pedalada, cachoeiras, cavalgada escalada, vôo livre, 4×4, golf e camping são algumas das opções de lazer em Quatro Barras. (Fotos: PMP)

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Vá para o topo