Home / Entrevista / Prefeito eleito Lara diz que fará de Quatro Barras uma nova cidade
Prefeito eleito Lara diz que fará de Quatro Barras uma nova cidade

Prefeito eleito Lara diz que fará de Quatro Barras uma nova cidade

DA REDAÇÃO

Eleito prefeito de Quatro Barras com mais de 50% dos votos Angelo Andreatta – Lara, 43 anos, assumira a prefeitura a partir de primeiro de janeiro. Vereador por três mandatos, Lara conquistou os votos dos quatrobarrenses apresentando projetos para o desenvolvimento do município com qualidade de vida para a população. Lara recebeu a redação do jornal Face da Notícia para uma entrevista e explanou sobre sua futura administração. “Vamos democratizar a gestão com relação à participação popular. Quero fortalecer os conselhos, ajudar as Associações de Bairros, ter uma integração muito próxima através das Audiências Públicas”.

Face – O senhor foi eleito com 50.61% dos votos, qual a emoção de ter sido eleito prefeito de Quatro Barras?

Lara – Quero aproveitar o momento para cumprimentar a todos candidatos, foram meus adversários políticos, não meus inimigos. Fiquei feliz de ter a maioria absoluta entre quatro candidatos. Isso demonstrou que nosso plano de governo era o que a comunidade esperava ouvir e quer que aconteça. O grande fator preponderante foi a composição com o ex-prefeito Adamoski junto comigo, isso foi decisivo para nossa vitória no dia 2 de outubro.

Face – O senhor foi eleito num momento de transição política no Brasil. Como o senhor avalia este momento tão delicado qu

Adriane Gomes Andreatta,   Angelo Andreatta, as filhas Helena e Estela

Adriane Gomes Andreatta, Angelo Andreatta, as filhas Helena e Estela

e está passando o povo brasileiro?

Lara – É um momento de grandes incertezas econômicas e políticas. Certamente precisaremos rever modelos de gestão que estão sendo colocados hoje nos Municípios, Estados e União. Confesso que é preocupante. A PEC 241 que inviabiliza aumento de investimentos na saúde, educação e no funcionalismo é algo que teremos que estudar muito, para ver como vamos contornar essa situação, ou mesmo viver aquilo que realmente for imposto para nós a partir de janeiro de 2017. Era evidente a necessidade de renovação no cenário político no País. Mas, não simplesmente renovar, é preciso renovar com conhecimento, competência, segurança, dinamismo, com garra, com eficiência e equilíbrio. Um novo modelo necessário para voltar à esperança no povo de dias melhores, de um governo mais sério, austero, correto e mais transparente. Imagino que Quatro Barras também mostrou isso nas urnas.

Face – O slogan de campanha foi “Quatro Barras para todos”, o que isso representa para o povo?

Lara – Vamos democratizar a gestão com relação à participação popular. Quero fortalecer os conselhos, ajudar as Associações de Bairros, ter uma integração muito próxima através das Audiências Públicas. Efetivamente implantar a partir de 2017 para 2018 o orçamento participativo. Preciso que todos me ajudem, porque ainda vou governar com um orçamento aprovado pela atual gestão, pois somente poderei implantar o Orçamento Participativo para 2018, uma vez que não há como realizar audiências agora nos bairros para discutir o que realmente é necessário para 2017. Nós vamos sim ter uma “Quatro Barras para todos”. As políticas passam e nós vamos respeitar os 22.500 habitantes, todos serão respeitados e ouvidos.

Face – Quais serão as prioridades do governo a partir de 01 de janeiro?

Lara – Inicio o governo com a estrutura como está hoje, como disse anteriormente. Porém, dentro de 90 dias vou apresentar um novo modelo de estrutura administrativa e de investimentos. Nossa prioridade será o enxugamento do custo da máquina pública, cortar gastos desnecessários e os recursos que forem surgindo, sobrando, vamos destiná-los para a saúde, segurança, educação e ação social. As demais pastas terão também um olhar clínico nosso.

Face – E quais serão os maiores desafios?

Lara – Os maiores desafios, serão agora, com as mudanças que estão na PEC 241 que está em votação em Brasília, como será implantado o Plano Nacional de Educação, como vamos valorizar o servidor de carreira sem infringir a PEC. São desafios de ordem jurídica, constitucional e outras de ordem estrutural, dentro do município. Nós temos hoje a maior empresa no município, com quase mil funcionários efetivos. Vejam a importância que é estar à frente disso e fazer com que a economia do município cresça, gere emprego, qualifique o jovem, que a família tenha segurança, saúde, educação e transporte coletivo. Cada situação será estudada com calma, para que quando a gente implante algo novo, ele seja permanente e se mantenha.

Face – Quais serão os critérios utilizados para a escolha dos secretários?

Lara – Será basicamente mais técnico sobre o político. Não estou olhando de maneira alguma a questão política. Por sinal, se conseguir atender as carreiras hoje em cargos de comissão por servidores efetivos, assim o farei.

Lara – Haverá redução do quadro de funcionalismo dos cargos em comissão?

Lara – Com certeza. Já estabeleci um corte de no mínimo 50% inicial e a ideia é avançar ainda mais ano a ano. Para reduzirmos assim o número de comissionados e dar oportunidades para quem é efetivo.

Face – O senhor falou muito durante a campanha eleitoral sobre a necessidade de criar mais empregos. Sabendo que muitas pessoas vêm de Curitiba e RM para trabalhar no município e ao mesmo tempo, inúmeros quatrobarrenses vão para outras cidades para trabalhar. O que o senhor pretende fazer para mudar essa realidade?

Lara – Já tivemos uma reunião em conjunto com o Bilh Zanetti, prefeito eleito de Campina Grande do Sul, junto com o Instituto de Capacitação Profissional Técnica de Pinhais. Já estamos à procura de um local para que a partir de 2017, possamos ter as Incubadoras Profissionalizantes. Cursos oferecidos que melhor qualifique os nossos jovens e propiciar oportunidade para aqueles que queiram mudar de profissão ou mesmo investindo em mais opções de qualificação profissional para que eles tenham ingresso no mercado de trabalho. É a empresa dizendo o que ela mais precisa e o município dando a oportunidade da qualificação gratuita para o que realmente venha o mercado exigir.

Face – Os prefeitos eleitos, Lara e Bilh, poderão futuramente executar ações em conjunto que beneficie a população nos dois municípios?

Lara – Nós temos desafios em comum. Um deles é o transporte público não integrado, que hoje já está sendo sinalizado para voltar a reintegração em toda RMC através do prefeito eleito de Curitiba Rafael Greca e o governador Beto Richa; outro é que somos municípios provedores de abastecimento público sem nenhuma medida compensatória por isso; a qualificação profissional para o jovem; o anel metropolitano norte; o Consórcio Metropolitano de Saúde por exemplo, é algo que precisamos avançar. Vamos estar conversando sobre quais são as melhores estratégias e ações necessárias para que os dois municípios possam crescer juntos e assim se manter.

 

O vice-prefeito eleito de Quatro Barras, Roberto Adamoski e o prefeito eleito Angelo Andreatta - Lara

O vice-prefeito eleito de Quatro Barras, Roberto Adamoski e o prefeito eleito Angelo Andreatta – Lara

Face – Quatro Barras está localizada em uma área de preservação ambiental. O que o senhor pretende fazer para atrair mais turistas para o município. E quais os incentivos para as empresas que investem nessa área?

Lara – A questão de medidas compensatórias por danos ambientais focados geralmente para as indústrias, nós vamos implantar. Por outro lado, também terá incentivos para as empresas que se estabeleçam na cidade. Hoje, as empresas inteligentes tem através da Certificação da ISO, essa responsabilidade ambiental. Não só com ela, mas, com tudo aquilo que está em seu entorno. Não haverá dificuldade em adequar crescimento sustentável equilibrado com meio ambiente, o fomento ao desenvolvimento turístico. Temos um zoneamento já pré-estabelecido, precisamos atualiza-lo. Tem alguns eixos do Plano Diretor que precisam avançar. Através do Fundo Municipal de Meio Ambiente, vamos estabelecer ações de preservação ambiental. Quatro Barras é um cenário ímpar de belezas cênicas fantásticas e nós temos que acima de tudo preservá-las e recuperá-las.

Face – Quatro Barras está completando 55 anos de Emancipação Política, o senhor é filho de Quatro Barras, aqui nasceu, estudou, constituiu família, os filhos estudam aqui. É funcionário publico de carreira, vereador por três legislaturas. Como o senhor avalia o crescimento do município ao longo de sua história?

Lara – Obrigado pela pergunta. Quero aqui externar o meu agradecimento a todos os meus antecessores. Principalmente aos fundadores do município, o prefeito Anibal Borda Cordeiro, e ao Domingos Mocelin. Imagino eu, a dificuldade há 55 anos atrás, ter criado e dado início a esse tão belo município que hoje temos. Todo prefeito que passou de alguma forma contribuiu para o crescimento da cidade e nós, reconhecemos isso. O Carlos Mullani, João Carlos Creplive, Roberto Adamoski, Edison Repinoski e Loreno Tolardo, e nós temos a missão de manter o município ordeiro e em pujante crescimento. Posso segurar a vocês que eu, hoje: a terceira geração da família dos Andreatta, Lara, Ribeiro, Costa, que é mais ou menos o que a minha família tem de origem, vou sim, dar o máximo de mim para que tenha a melhor cidade com qualidade de vida para todos os quatrobarrenses. Me sinto feliz nesse momento em minha vida. Aos 43 anos, estou seguro, preparado para o compromisso que tenho. Junto com minha equipe, com a população, vamos sim manter o crescimento do município e recuperar aquilo que foi perdido.

Face – Seu vice foi prefeito do município, também será um bom conselheiro na sua administração?

Lara – O professor Adamoski, posso dizer que é um excelente conselheiro. Ao mesmo tempo que me orienta sobre o que tenho dúvida, ele me deixa livre para decidir sobre aquilo que acho melhor. Já o convidei para fazer parte do governo, ainda estou aguardando sua resposta.

Face – Em relação ao funcionário público o que pode esperar do novo governo?

Lara – Pode esperar tudo o que for possível para a valorização, qualificação, aperfeiçoamento, respeito sobre suas carreiras. Também quero pedir ao funcionalismo, que a partir do dia dois de janeiro intensifique o atendimento ao cidadão quatrobarrense. Não tenho problema com nenhum servidor, mesmo aqueles que por questão pessoal estavam apoiando outros candidatos. Vejo isso como direito democrático. Quero que a partir de janeiro estejam todos entusiasmados em um novo projeto comigo.

Face – Durante a campanha o senhor falou sobre vários projetos para a educação, saúde e segurança pública, quais?

Lara – Precisamos rever toda a estrutura e modelo de segurança que está sendo implantado. Nós vamos a partir de janeiro ter uma melhor relação com a Polícia Civil e Militar, buscando uma saída que amenize este grande problema que está hoje em todos os municípios. Vamos ver a estrutura que a Guarda Municipal tem hoje e o que podemos melhorar, quanto isso custaria para implantarmos. Na saúde, vamos intensificar as especialidades, fortalecer os convênios com os hospitais próximos, neste caso, o Angelina Caron e o Consórcio Metropolitano de Saúde. Vamos investir na aquisição de medicamentos, na contratação de mais especialidades, no fortalecimento dos funcionários de carreira. Sobre a educação, teremos que ver com a nova secretária de educação onde precisaremos investir. Hoje nós temos mais de 170 crianças na fila de espera para ingressar no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI), então, precisamos construir mais, ou ampliar os existentes. Quero dizer que a partir de janeiro vamos trabalhar junto com a comunidade escolar para melhorar a educação no município. Tudo isso será visto com muita responsabilidade e sem atropelos.

Face – Uma mensagem aos quatrobarrenses?

Lara – Quero deixar uma mensagem boa. Dizer a todos os quatrobarrenses que não se preocupem. Quero agradecer as orações, por todo apoio que recebi antes e após as eleições. As eleições já se passaram, o município segue, nossa cidade é pequena, as famílias vão se encontrar nas igrejas, nas farmácias, nas ruas, praças, que exista o maior respeito entre os adversários políticos. Quero pedir apoio aos vereadores eleitos para o próximo pleito. Pedir apoio a todo cidadão de bem que tem alguma sugestão para toda nossa cidade. Eu não tenho nenhum ranço político, não existem mágoas nem rancor. Quero dizer que, junto com meu vice-prefeito Roberto Adamoski e toda nossa equipe, vamos cuidar bem da cidade. É uma nova geração que estará assumindo a partir de 2017 o município com muita responsabilidade e segurança sobre aquilo que devemos e vamos fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Vá para o topo