Home / Agenda de Eventos / Notícias / Quatro Barras aos 58 anos
Quatro Barras aos 58 anos

Quatro Barras aos 58 anos

Aos 58 anos, e com mais de 24 mil habitantes (dados estimados para 2019 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE), Quatro Barras é uma das cidades da Região Metropolitana de Curitiba que se destaca pela natureza exuberante presente no município. O comércio, a indústria e a prestação de serviços presentes na cidade geram emprego e renda às famílias quatrobarrenses.

A gastronomia também é destaque no município que conta com vários restaurantes, hotéis e pousadas no centro da cidade. Para quem gosta de tranquilidade, a área rural é uma grande escolha, lá podemos encontrar várias opções como: comida caipira, costela fogo de chão, lanches, comida natural, café colonial… além de realizar passeios a cavalo, conhecer vinícola, pesque e pague, espaços para festas e confraternização, isso tudo em volta de belas e acolhedoras paisagens.  Produtos naturais e orgânicos como mel, verduras, legumes, pimentas, queijos, pães, doces, pinhão (na época de inverno) entre outros também são comercializados na região.

Quem passe por Quatro Barras se encanta com as belas paisagens e com sua gente, um povo ordeiro e acolher. O empresário, Antônio Carlos Ferreira proprietário do restaurante Dona Julia, destaca os inúmeros atrativos turísticos

Empresário, Antônio Carlos Ferreira destaca os inúmeros atrativos turísticos e gastronômicos em Quatro Barras.

e gastronômicos que Quatro Barras oferece aos visitantes. “O centro da cidade tem inúmeras opções de gastronomia com bons restaurantes, assim como na área rural. Quem vem a Quatro Barras, seja a negócio ou a passeio para conhecer os pontos turísticos da nossa região encontram boas opções. Vale a pena visitar nossa cidade, tem segurança, é bem sinalizada, é um lugar a se conhecer”.

A mais de 20 anos empreendendo em Quatro Barras, o empresário Felipe Collere, fala sobre a cidade. “Nossa cidade vem crescendo muito,

A mais de 20 anos empreendendo em Quatro Barras, o empresário Felipe Collere, fala sobre a cidade.

trabalho desde os 15 anos com minha mãe na farmácia que ela montou. Quatro Barras é um ótimo lugar para investir, trabalhar e morar. No turismo é destaque com os atrativos naturais, restaurantes rurais, bosques e a beleza da serra do mar. A proximidade com Morretes e Antonina acaba agregando ainda mais”.

A empresária Maria Goreti Jacomel, conta que escolheu Quatro Barras para empreender pela beleza da cidade e da serra do mar.

A empresária Maria Goreti Jacomel, proprietária do Café Colonial da Bisa, conta que escolheu Quatro Barras para empreender pela beleza da cidade e da serra do mar. “Escolhemos Quatro Barras para abrir nosso Café pela hospitalidade, beleza da cidade e da serra. Já se passaram 10 anos e só temos a comemorar e agradecer a cidade que nos acolheu. Com muita dedicação estamos colhendo os frutos do nosso trabalho e temos  orgulho em dizer que fizemos a escolha certa, quem por aqui passa se encanta com nosso café e também com a cidade”, declara.

 

 

 

 

 

Atrativos turísticos

Localizado em uma região serrana, Quatro Barras é rica em diversidade de espécies da fauna e da flora que compõem a mata atlântica presente no município, e inúmeras cachoeiras, córregos, montanhas, lagos e a estrada da Graciosa, são um convite para passeios, turismo rural, caminhada, montanhismo, passeio ciclístico pela Ciclorrotas Nascentes do Iguaçu, passeio a cavalo e muito mais. Para preservar a biodiversidade o estado mantém em Quatro Barras unidades de conservação: Área de proteção Ambiental do Iraí, Área de Especial Interesse Turístico do Marumbi, Parques estaduais do Marumbi e a Serra da Baitaca sendo este último um dos Parques mais visitados do Paraná, onde ficam o Morro do Anhangava, Pão de Loth e o Caminho do Itupava.

Por Jane Rita DRT Pr/ 9996/Fotos: Valdir Lentcsh

Turismo Quatro Barras 

Morro do Anhangava

Considerado um dos melhores campo-escola de escalada em rocha do Brasil, possui 1.420 metros de altitude e várias vias com diversos graus de dificuldade. Excelente ponto para prática de vôo livre, escalada, rappel, caminhadas e passeios a cavalo. Está localizado no Parque Estadual Serra da Baitaca, a apenas nove quilômetros do Centro da cidade. Sua subida leva em torno de 1 hora e revela paisagens cercadas de natureza. Na face oeste da Serra da Baitaca, no Distrito da Borda do Campo em Quatro Barras, é possível encontrarmos com facilidade um conjunto de pequenas cachoeiras. Uma na estrada da Baitaca, outra no Campo do Asa delta e duas no entorno do Morro Anhangava. Uma delas fornece água Captada e Tratada pela Estação de Tratamento de Água da Borda do Campo, localizada no Pinheirinho.

CAMINHO DO ITUPAVA

Um dos caminhos mais antigos do Paraná, o Caminho do Itupava liga Quatro Barras a Morretes em um percurso preservado de 20 quilômetros que pode ser percorrido em cerca de 07 horas, exigindo bom preparo físico. É um caminho de belezas naturais e históricas, cruzando rios, riachos de águas límpidas, cachoeiras, bromélias e orquídeas, pássaros, borboletas, pequenos animais, montanhas e belas paisagens em plena floresta atlântica. Entre os atrativos estão ainda a Casa de Pedras, Casa do Ipiranga, Roda D’agua e o Santuário do Cadeado. O Caminho do Itupava foi aberto entre 1625 e 1654 por indígenas e mineradores, foi posteriormente calçada com pedras por escravos. Foi a primeira passagem entre Curitiba e o litoral do Paraná.

 

Estrada da Graciosa

Quatro Barras tem em seu território o traçado original da Estrada da Graciosa, construída entre os anos de 1854 e 1873. Atravessando o trecho mais preservado de Mata Atlântica do Brasil, a Estrada da Graciosa foi a primeira via carroçável do Paraná. Sua importância histórica está atrelada ao início do desenvolvimento do Estado, por onde circulava o fluxo econômico da época, já que era o principal acesso entre Curitiba e o litoral. Segundo registros históricos, a Estrada da Graciosa também guarda em sua tradição a passagem do imperador Dom Pedro II e sua comitiva, que em visita oficial ao Estado, em 1880, descansaram à sombra de um pinheiro.

Ao longo de suas curvas sinuosas, o visitante encontra antigos oratórios e pontes centenárias construídas entre o final do século XIX e meados do século XX, como a Ponte do Arco e a Ponte sobre o Rio Taquari, onde começa a Área de Preservação Ambiental da Serra do Mar. O trecho é visitado diariamente por ciclistas, motociclistas e visitantes adeptos das corridas e caminhadas.

 

 

História de Quatro Barras

Quatro Barras guarda em sua história e em seu território os primeiros caminhos do Paraná. Por mais de cem anos, a região esteve dividida entre Curitiba, Campina Grande do Sul e Piraquara, até que em 09 de novembro de 1961, com a Lei n° 4.338/61, o município foi oficialmente criado. O nome da cidade se refere às barras dos rios Canguiri, Timbu, Bracajuvava e Capitanduva. Com área de 169,47 km² e 37 bairros, o município conta com uma população de aproximadamente 22 mil habitantes, formada predominantemente por italianos, portugueses, poloneses e alemães.

Perfil de Quatro Barras

Quatro Barras é um dos 29 municípios que integram a Região Metropolitana de Curitiba. Sua economia é voltada ao setor produtivo e à indústria limpa, já que a cidade está localizada em Área de Preservação Ambiental. A atividade industrial de maior escala diz respeito às fábricas fornecedoras para o ramo automotivo, e as expectativas de desenvolvimento hoje concentram em um novo Parque Logístico. Outras atividades também devem ser destacadas como o setor de serviços e o turismo.

No que diz respeito à qualidade de vida, em 2013 Quatro Barras foi considerada a cidade com o melhor Índice de Bem-Estar Urbano da RMC, segundo levantamento realizado pelo Observatório das Metrópoles, que avaliou quesitos como mobilidade urbana, infraestrutura, atendimento de serviços coletivos, condições habitacionais e ambientais. (Com informações: PMQB)

Prefeitos e vice-prefeitos de Quatro Barras

Aos 58 anos, a cidade ainda jovem foi marcada pela história democrática de seus regentes. Os prefeitos, ao todo oito até agora, contribuíram com seu trabalho e dedicação para transformar a Quatro Barras do presente.

Vamos relembrar cada prefeito

REFEITOS

Aníbal Borba Cordeiro – 09 de novembro de 1961 a 1965 / 1973 a 1976

Domingos Mocelin Neto – 1966 a 1969

Carlos Milani – 1970 a 1972

João Carlos Creplive – 1977 a 1982 / 1989 a 1992 / 1997 a 2000

Edison Wilmar Repinoski – 1983 a 1988 / 1993 a 1996

Roberto Adamoski – 2001 a 2004 / 2005 a 2008

Loreno Bernardo Tolardo – 2009 a 2012 / 2013 a 2016

Angelo Andreatta (Lara) – 2017 a 2020

Da redação

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Vá para o topo