Esportes

Jogos de Aventura e Natureza vão movimentar o turismo do Paraná

Publicado

em

Natureza, esporte, aventura, turismo e cultura, tudo misturado. Essa é a essência dos Jogos de Aventura e Natureza, evento que vai movimentar o Paraná de ponta a ponta a partir de agosto. Dividido em cinco etapas, as ações esportivas seguem até dezembro, abrangendo três regiões e 26 municípios do Estado, área com uma população estimada de 830 mil habitantes. O lançamento será feito pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, dia 23 de julho.

Os Jogos reunirão 29 modalidades: pesca esportiva, bodyboard, canoagem, iatismo, stand up paddle, triathlon, canoa havaiana, wakeboard, surf, paraquedismo, parapente, balonismo, futevôlei, beach tênis, beach soccer, vôlei de praia, BMX, mountain bike, cicloturismo, jeep, rally, corrida de rua, slackline, escalada, skate, rugby, corrida de aventura, cross country e hand beach. A expectativa é a participação de 3 mil atletas por etapa, com 20 mil pessoas envolvidas.

“É um projeto inovador e arrojado, que coloca o esporte como uma das pontas de lança para o desenvolvimento do turismo do Paraná”, diz o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Os jogos vão evidenciar a riqueza natural do nosso estado, atrair atletas e visitantes e movimentar a economia”, afirma.

Os Jogos de Aventura e Natureza, diz Ratinho Junior, se incluem nas iniciativas do Governo do Estado para alcançar a meta de transformar o turismo em uma das principais matrizes econômicas do Estado. “O desenvolvimento deste setor é a forma mais barata de ampliar a geração de empregos. O Paraná nunca trabalhou o turismo de forma organizada e planejada, nunca usou seu potencial para fazer desse setor uma grande matriz econômica”, enfatiza.

VOCAÇÃO ESPORTIVA – Para o presidente da Esporte Paraná, Helio Wirbiski, os Jogos são uma oportunidade de desenvolver a vocação esportiva de cada localidade e ainda fomentar o turismo. “A ideia é movimentar os municípios, especialmente na baixa temporada, para que se gere renda. É uma vontade do governador Carlos Massa Ratinho Junior desenvolver as regiões do Estado por meio do esporte, do turismo e da cultura”, disse.

“Vamos mostrar o Paraná por inteiro, do Litoral ao Interior, um turismo itinerante que passa por várias cidades. E com isso incrementar a economia, o turismo e o comércio”, ressalta João Jacob Mehl, presidente da Paraná Turismo.

ESTREIA – A abertura ocorre no Litoral, entre os dias 10 e 19 de agosto. Os Jogos se dividem em três categorias: competição, apresentação e participação. A de competição reúne modalidades cujas inscrições são feitas via federações esportivas, muitas delas com premiações em dinheiro – além de troféus e medalhas.

“O valor de inscrição do atleta, para as modalidades que assim definirem, será revertido em premiação”, confirmou o coordenador dos Jogos, Tiago Campos, que ainda salientou que “essa parceria com as federações é fundamental para o fortalecimento do sistema esportivo paranaense e ainda permite prestigiar os atletas e atrair competidores de alto nível”.

A comunidade local também poderá participar diretamente do evento, em clínicas disponibilizadas em diversas modalidades, a exemplo do de stand up paddle, escalada, rugby, skate e slackline. Haverá ainda esportes de apresentações, caso do paraquedismo, balonismo, parapente e wakeboard.

Após a etapa de estreia, os Jogos migram para o outro lado do Paraná, a chamada Região dos Municípios Lindeiros, no Oeste. De 7 a 15 de setembro, será realizado nos municípios entre Guaíra e Entre Rios do Oeste. A terceira etapa, também no Oeste, será de 28 de setembro a 06 de outubro, na região entre Santa Helena e Foz do Iguaçu.

Depois disso, os Jogos voltam para o Litoral para a quarta fase, de 19 a 27 de outubro, fechando o cronograma em dezembro, em outra região, a Angra Doce, no Norte Pioneiro, de 23 de novembro a 1º de dezembro. “Queremos que conheçam o potencial e as belezas do Paraná. Que os atletas e seus parentes, depois de competir, possam voltar para passar férias”, afirma Tiago Campos.

CULTURA – Os Jogos de Aventura e Natureza têm também por premissa a valorização da cultura paranaense. Por isso, a cada etapa haverá shows de bandas e artistas locais, com atividades de recreação, culturais, de lazer e saúde. Na abertura, dia 10 de agosto, acontecem shows da Banda Que Voa, Milk N’ Blues e Denorex 80.

COMUNIDADE – A população local também poderá participar e até competir nos Jogos. Haverá eventos de cicloturismo, stand up paddle, slackline, entre outros, cujas inscrições serão feitas no momento do evento.

CIDADES – Região Angra Doce: Siqueira Campos, Salto do Itararé, Carlópolis, Ribeirão Claro e Jacarezinho; Região dos Municípios Lindeiros: Diamante D’Oeste, Entre Rios do Oeste, Foz do Iguaçu, Guaíra, Itaipulândia, Marechal Cândido Rondon, Medianeira, Mercedes, Missal, Pato Bragado, Santa Helena, Santa Terezinha do Itaipu, São José das Plameiras, São Miguel do Iguaçu e Terra Roxa; Litoral: Antonina, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná. (ANPr)

Jogos de Aventura e Natureza vão movimentar o turismo do Paraná. Foto:Leila Nunes/Divulgação Esporte Paraná

Paranaguá. Foto: José Fernando Ogura/ANPr

Jogos de Aventura e Natureza vão movimentar o turismo do Paraná. Thiago Chas/Divulgação Esporte Paraná

Itaipulândia – Praia. Foto: José Fernando Ogura/ANPr

Continuar Lendo
Click para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

UEPG anuncia as novas datas do vestibular e PSS

Publicado

em

A Coordenadoria de Processos de Seleção (CPS), em conjunto com a Reitoria e Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), anunciou as novas datas dos processos seletivos da instituição.
As provas dos Vestibulares e do PSS que seriam em 2020 foram remarcadas para janeiro e março de 2021.

VESTIBULAR – As provas do Vestibular, que estavam previstas para os dias 06 e 07 de dezembro de 2020, foram alteradas para os dias 07 e 08 de março de 2021. O período de inscrições será de 01 de setembro a 29 de outubro de 2020 pelo site cps.uepg.br/vestibular.
O pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 157,00 deve ser feito até o dia 30 de outubro de 2020.
Conforme explica o coordenador da CPS, Edson Luis Marchinski, neste Vestibular haverá duas alterações na prova de redação. O número de linhas exigidas passa a ser de no mínimo 10 e no máximo 20 linhas e a nota máxima passa a valer mil pontos.
As vagas dos Vestibulares de Inverno e de Verão foram reunidas para um único Vestibular. Ao todo, serão ofertados 39 cursos com um total de 1453 vagas.

PROCESSO SELETIVO SERIADO (PSS) – As provas do PSS, que estavam previstas para o dia 22 de novembro de 2020, foram alteradas para o dia 31 de janeiro de 2021. “Já tivemos um período de inscrições de 01 a 30 de março e teremos um novo período de inscrições de 01 de agosto de 2020 a 29 de setembro de 2020”, diz o coordenador da CPS.
O pagamento da taxa de inscrição pode ser realizado até o dia 30 de setembro de 2020, nos valores de R$ 78,00 para o PSS I e PSS II e de R$ 41,00 para o PSS III. As inscrições devem ser feitas pelo site cps.uepg.br/pss.
Para o PSS, a redação continua valendo cem pontos, sendo exigido no mínimo 10 linhas e no máximo 17 linhas.

Os conteúdos programáticos, obras literárias e gêneros de redação, tanto do Vestibular como do PSS, estão disponíveis no site da Coordenadoria de Processos de Seleção (cps.uepg.br).

Foto: UEPG/ANPr

Continuar Lendo

Esportes

Fórum de desporto escolar terá participação do atleta Giba

Publicado

em

O I Fórum do Desporto Escolar acontece a partir desta quarta-feira (01), com transmissão via rede social (facebook.com/fdeparana), e vai até esta quinta-feira (02).

O evento é promovido pela Federação do Desporto Escolar do Paraná (FDEPR) e pela Confederação Brasileira do Desporto Escola (CBDE), com o apoio da Superintendência do Esporte do Paraná. Tem como objetivo analisar as ações do esporte durante e pós-pandemia, quais as perspectivas do futuro, além da discussão da sistematização do desporto escolar no Brasil. O campeão olímpico do voleibol, Giba, será um dos participantes.

O superintendente do Esporte do Paraná, Helio Wirbiski, disse que cada vez mais o Estado tem o dever de apoiar o desenvolvimento das crianças pelo esporte, especialmente nesta pandemia. “Mantivemos periodicamente conversas e tivemos diversas ações para que nossos jovens não perdessem o estímulo esportivo. É um período muito difícil, e temos a obrigação de fazer um planejamento para que assim que possível todas as atividades voltem à normalidade”.

Para o presidente da Federação do Desporto Escolar do Paraná, Clésio Prado, o fórum é uma ótima oportunidade de pensar o esporte escolar como um todo. “Vamos falar sobre sistemas e também as ações estratégicas, tanto na área geral do esporte no Paraná quanto nas ações relacionadas ao desporto escolar em âmbito estadual, nacional e mundial. Um diálogo visando propostas para as competições pós-pandemia”.

Aqueles que assistirem e se inscreverem receberão certificado.

SERVIÇO: I Fórum do Desporto Escolar.

Data: 01 e 02 (quarta e quinta-feira).

CLIQUE AQUI para se inscrever no Fórum.

Transmissão: facebook.com/fdeparana 

PROGRAMAÇÃO

01 (terça-feira) – 19h.

Tema – Ações do esporte na pandemia e pós-pandemia.

Participantes: Helio Wirbiski – superintendente do Esporte do Paraná; Giba – campeão olímpico e padrinho da FDEPR e CBDE, Antônio Hora – presidente da CBDE e Clésio Prado – presidente da FDEPR.

02 (quinta-feira) – 19h.

Tema – Sistematização do desporto escolar.

Participantes: Marcia Tomadon – supervisora dos Jogos Escolares do Paraná, Robson Aguiar – vice-presidente da Federação Internacional do Desporto Escolar, Carlos Dias – coordenador do voleibol escolar do Ministério da Educação de Portugal e Clésio Prado – presidente da FDEPR.

Continuar Lendo

Esportes

Inscritos no Enem querem prova em maio de 2021

Publicado

em

O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgaram, hoje (1º), o resultado da enquete para a escolha do novo período de aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Para 49,7% dos estudantes, o Enem impresso deve ser aplicado em 2 e 9 de maio de 2021 e o Enem digital em 16 e 23 de maio.

As outras opções de data eram o Enem impresso em 6 e 13 de dezembro deste ano e Enem digital em 10 e 17 de janeiro de 2021, com 15% dos votos; e Enem impresso em 10 e 17 de janeiro de 2021 e Enem digital em 24 e 31 de janeiro, com 35,3% dos votos dos estudantes.

As provas, que aconteceriam em novembro deste ano, foram adiadas em função das medidas de enfrentamento à pandemia da covid-19.

A pesquisa com os estudantes foi aberta no dia 20 de junho na Página do Participante e 1,113 milhão de estudantes, que representam 19,3% dos inscritos no exame, responderam de forma voluntária. O Enem 2020 tem pouco mais de 5,7 milhões de inscritos.

Data

De acordo com o presidente do Inep, Alexandre Lopes, a data escolhida pelos estudantes ainda não é a oficial, mas será levada em conta para a definição. “Mais de 80% pediram para fazer a prova no ano que vem. É uma opinião importante, mas não é a única fonte de decisão”, disse, ressaltando que poderá ser, inclusive, uma data diferente daquelas que foram colocadas na enquete.

Lopes explicou que o MEC e o Inep irão, agora, consultar o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), que estão tratando do cronograma das aulas no ensino médio, e as associações que representam as instituições de ensino superior, para saber quando pretendem começar o primeiro semestre ano que vem. “A data sairá desse processo de construção coletiva”, disse.

A expectativa é que a definição do período de aplicação da prova seja anunciado daqui duas ou três semanas. Segundo Lopes, independentemente da data, o governo está se preparando para garantir a segurança sanitária dos participantes e das pessoas que trabalham na aplicação do Enem, com a disponibilização de álcool em gel e máscaras, além de diminuir a quantidade de estudantes nas salas.

Para o secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel, caso o Enem 2020 seja realizado em maio do ano que vem, isso prejudicaria o primeiro semestre letivo das universidades. “É uma variável que será levada em consideração no debate com as instituições”, explicou.

Sisu e Enade

Paulo Vogel disse que o portal do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) já está aberto para a consulta de vagas para ingresso no segundo semestre deste ano, nas universidades e institutos federais de ensino. As inscrições vão de 7 a 10 de julho.

O presidente do Inep, Alexandre Lopes, também anunciou que a prova do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) de 2020, que aconteceria em novembro, será adiada para 2021 em razão da pandemia da covid-19 e dos problemas para a conclusão do cronograma do segundo semestre letivo. A nova data ainda será definida. O Enade avalia o desempenho dos estudantes e dos cursos de ensino superior.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Continuar Lendo

Tendência