Notícias

Paraná registra mais 1.291 casos e 25 mortes pelo coronavírus

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta segunda-feira (06) mais 1.291 confirmações e 25 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná soma 32.411 casos e 806 mortos em decorrência da doença. Há ajustes nos casos confirmados detalhados ao final do texto.

INTERNADOS – Nesta segunda-feira, 794 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. Destes, 632 ocupam leitos SUS (245 em UTI e 387 leitos em clínicos/enfermaria) e 162 leitos da rede particular (61 em UTI e 101 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 899 pacientes internados, 461 em leitos UTI e 438 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 25 pacientes. Todos estavam internados. São oito mulheres e 17 homens com idades que variam de 17 a 91 anos. Os óbitos ocorreram entre 5 de junho a 6 de julho.

Os pacientes que faleceram residiam em Apucarana (1), Arapuã (1), Assaí (1), Campo Largo (1), Clevelândia (1), Colombo (2), Curitiba (2), Guaratuba (1), Londrina (1), Maringá (1), Paranaguá (2), Pinhais (1), Piraquara (1), Pontal do Paraná (1), Prudentópolis (1), Rolândia (2), São Jose dos Pinhais (2),  Sarandi (1) e Toledo (2).

MUNICÍPIOS – No Paraná, 372 cidades têm ao menos um caso confirmado de Covid-19. Em 158 municípios há óbitos pela doença.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da secretaria estadual registra 358 casos de pessoas que não moram no Estado. Destas, 14 foram a óbito.

AJUSTES:

Alteração de município: um caso confirmado em 04/07 em Palmas foi transferido para Coronel Domingos Soares; um caso confirmado em 04/07 em Ampere foi transferido para Toledo; um caso confirmado em 04/07 em Pranchita foi transferido para Toledo; um caso confirmado em 30/05 em Santa Terezinha de Itaipu foi transferido para Londrina.

Notícias

Sanepar divulga rodízio de água até o dia 16/08 – Confira como fica na sua região

Publicado

em

A Sanepar divulgou a tabela de rodízio no abastecimento de água em Curitiba e Região Metropolitana até o dia 16 de agosto.

É fundamental que todos continuem fazendo o uso racional da água. O Paraná é afetado por uma estiagem severa, e os níveis de chuvas do último ano estão bem abaixo da média histórica. Portanto, chuvas esporádicas não têm sido suficientes para repor o déficit de chuvas de poços, rios e barragens.

Confira tabela de rodízio –  http://site.sanepar.com.br/grupos-rodizio

Continuar Lendo

Notícias

Bope e município de Piraquara assinam termo de cooperação

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Segurança Pública assinou na segunda-feira (10) um termo de cooperação técnica mútua entre o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e a Prefeitura de Piraquara para reforçar ações preventivas e repressivas, além de criar atividades comunitárias para o público jovem. A prefeitura fará uma reforma na sede da Companhia para melhorar as condições de trabalho dos policiais militares.

“Com o convênio, a cidade passa a ter maior movimentação de viaturas e de equipes policiais na cidade, o que ajuda a coibir a criminalidade”, disse o secretário estadual da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares. Segundo ele, é importante esse termo para que os policiais possam desenvolver seu trabalho de maneira eficiente, sempre passando no bem- estar da população.

Com o acordo, o Bope intensificará operações e ações ostensivas mediante um planejamento de aplicação de efetivo nas regiões mais necessárias da cidade.

Desde maio os policiais militares já começaram a ocupar o espaço, que até então pertencia ao Centro de Ensino e Instrução (CEI) do Corpo de Bombeiros. A prefeitura fará as readequações necessárias do prédio às atividades e necessidades da Companhia de Choque.

“É um privilégio ter essa companhia em Piraquara, porque a Polícia Militar estará mais perto cuidando dos moradores da cidade. O terreno já era do Estado, mas nós estamos fazendo uma parceria para que a Prefeitura de possa fazer a reforma, contribuindo com as forças de segurança”, disse o prefeito Marcus Tesserolli.

Segundo o comandante do Bope, major Marcio Antônio Machado Pereira, a sede da Companhia também sediará instruções e capacitações para militares e de outras unidades da PM, por isso a importância da revitalização do espaço. “Vamos ter uma movimentação muito grande de vários policiais de outros batalhões com esses cursos. A região será bem policiada com o ir e vir de viaturas para o deslocamento da instrução e com a 1ª Companhia de Choque também fazendo o policiamento da área”.

Para estimular o envolvimento da comunidade com a segurança pública, o Bope promoverá atividades de cunho social, como recepção de crianças e adolescentes de escolas públicas do município para conhecerem de perto o trabalho dos policiais militares. Também serão feitas palestras sobre segurança patrimonial para os servidores municipais e colaboradores da cidade.

PARTICIPANTES – Participaram da assinatura do termo de cooperação técnica mútua o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares; o prefeito Marcus Tesseroli; o comandante do Bope, major Antônio Machado Pereira; e o comandante da Companhia de Choque, capitão Antônio Carlos dos Santos.

Também acompanharam o ato o secretário municipal de Piraquara, Girlei Eduardo de Lima; o assessor civil da Sesp, delegado Vinícius Augustus de Carvalho; o coordenador do setor de Engenharia da Secretaria da Segurança Pública, major Ivan Ricardo Fernandes; o capitão Rodolfo Kredens Silva; e a tenente Cibele Toniolo, ambos pertencentes ao Bope. (AENPr)

Continuar Lendo

Notícias

Governo promulga acordo de livre comércio automotivo com o Paraguai

Publicado

em

O presidente Jair Bolsonaro promulgou o acordo de livre comércio automotivo assinado com o governo do Paraguai em fevereiro deste ano. O decreto sobre a execução e cumprimento do acordo foi publicado hoje (10) no Diário Oficial da União.

Em nota, a Secretaria-Geral da Presidência da República disse que o objetivo do documento é facilitar o comércio e a cooperação aduaneira entre os dois países, em especial para os produtos automotivos. Pelo acordo, as peças e os veículos vendidos pelos dois países terão tarifas mínimas ou zeradas, mas o intervalo para o livre comércio variará entre os dois países.

Os produtos automotivos paraguaios, peças e veículos, terão livre comércio imediato no Brasil. Os produtos brasileiros, no entanto, serão taxados em até 2% no Paraguai. As tarifas cairão gradualmente, por meio da aplicação de margens de preferências, até a liberação total do comércio no fim de 2022.

No ano passado, o Brasil exportou US$ 415 milhões para o Paraguai e importou US$ 235 milhões em produtos automotivos.

O Brasil já assinou acordos semelhantes com a Argentina, no ano passado, e o Uruguai, em 2015, no âmbito da Associação Latino-Americana de Integração (Aladi).

As condições valem por tempo indeterminado ou até que todo o setor automotivo se adapte ao Regime Geral do Mercosul, que prevê tarifa externa comum (TEC) em 11 níveis tarifários, cujas alíquotas variam de 0% a 20%, com escalonamento. Insumos têm alíquotas mais baixas e produtos com maior grau de elaboração, alíquotas maiores. (Agência Brasil)

Continuar Lendo

Tendência