Esportes

Fórum de desporto escolar terá participação do atleta Giba

Publicado

em

O I Fórum do Desporto Escolar acontece a partir desta quarta-feira (01), com transmissão via rede social (facebook.com/fdeparana), e vai até esta quinta-feira (02).

O evento é promovido pela Federação do Desporto Escolar do Paraná (FDEPR) e pela Confederação Brasileira do Desporto Escola (CBDE), com o apoio da Superintendência do Esporte do Paraná. Tem como objetivo analisar as ações do esporte durante e pós-pandemia, quais as perspectivas do futuro, além da discussão da sistematização do desporto escolar no Brasil. O campeão olímpico do voleibol, Giba, será um dos participantes.

O superintendente do Esporte do Paraná, Helio Wirbiski, disse que cada vez mais o Estado tem o dever de apoiar o desenvolvimento das crianças pelo esporte, especialmente nesta pandemia. “Mantivemos periodicamente conversas e tivemos diversas ações para que nossos jovens não perdessem o estímulo esportivo. É um período muito difícil, e temos a obrigação de fazer um planejamento para que assim que possível todas as atividades voltem à normalidade”.

Para o presidente da Federação do Desporto Escolar do Paraná, Clésio Prado, o fórum é uma ótima oportunidade de pensar o esporte escolar como um todo. “Vamos falar sobre sistemas e também as ações estratégicas, tanto na área geral do esporte no Paraná quanto nas ações relacionadas ao desporto escolar em âmbito estadual, nacional e mundial. Um diálogo visando propostas para as competições pós-pandemia”.

Aqueles que assistirem e se inscreverem receberão certificado.

SERVIÇO: I Fórum do Desporto Escolar.

Data: 01 e 02 (quarta e quinta-feira).

CLIQUE AQUI para se inscrever no Fórum.

Transmissão: facebook.com/fdeparana 

PROGRAMAÇÃO

01 (terça-feira) – 19h.

Tema – Ações do esporte na pandemia e pós-pandemia.

Participantes: Helio Wirbiski – superintendente do Esporte do Paraná; Giba – campeão olímpico e padrinho da FDEPR e CBDE, Antônio Hora – presidente da CBDE e Clésio Prado – presidente da FDEPR.

02 (quinta-feira) – 19h.

Tema – Sistematização do desporto escolar.

Participantes: Marcia Tomadon – supervisora dos Jogos Escolares do Paraná, Robson Aguiar – vice-presidente da Federação Internacional do Desporto Escolar, Carlos Dias – coordenador do voleibol escolar do Ministério da Educação de Portugal e Clésio Prado – presidente da FDEPR.

Continuar Lendo
Click para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Vôlei de Praia: brasileiras voltam a competir após início da pandemia

Publicado

em

Teve início nesta quarta (9) a edição 2020 do torneio King of the Court de vôlei de praia, realizado em Utrecht (Holanda). E a competição terá a participação de uma dupla brasileira, formada por Ágatha e Duda, que começa a atuar na próxima quinta (10). Este será o retorno das jogadoras do Brasil a competições oficiais após o início da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

“Está sendo muito legal ter a oportunidade de jogar uma competição em um formato diferente”, afirma Ágatha em nota. “Será maravilhoso para as pessoas que amam esse esporte verem seus ídolos em ação de uma forma diferente”.

Ao invés do duelo tradicional entre duas duplas em melhor de três sets, o King of the Court colocará lado a lado cinco times. Eles vão se revezar a cada ponto. A dupla vencedora de um rally continua em quadra, no chamado “Lado Rei”. Se a dupla desafiante derrotar aquele que está no “Lado Rei”, assume o lugar e segue jogando. Os pontos só são computados para quem estiver jogando do “Lado Rei”. Até as semifinais, a dupla com menos pontos em 15 minutos de jogo, é eliminada. Na decisão, o vencedor será aquele time que chegar aos 15 pontos primeiro, ou aquele que fizer mais pontos durante este intervalo de tempo.

Além da dupla brasileira, outras 39 participarão do evento. O local que vai sediar o King of the Court 2020 tem uma estrutura especial e foi erguido respeitando as regras de distanciamento social. Toda a arena consiste em pequenas salas para grupos de duas a dez pessoas. (Agência Brasil)

Continuar Lendo

Esportes

Campanha “Santa Casa a Favor da Vida” busca novas doações para ajudar no enfrentamento da pandemia

Publicado

em

Irmandade da Santa Casa de Curitiba pede o apoio de empresas e da população para arrecadar bens e insumos que vão fortalecer a assistência aos colaboradores e aos pacientes com Covid-19.

Com o aumento do número de pacientes infectados por coronavírus ou com suspeita da doença, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba, por meio da Campanha Santa Casa a Favor da Vida, tem como objetivo arrecadar mais R$ 1,5 milhão em doações para fortalecer o combate à Covid-19. 

Os recursos serão empenhados na compra de medicamentos, insumos médicos, equipamentos de proteção individual, alimentos não perecíveis e na cobertura de outras despesas decorrentes da luta contra o coronavírus.

“Somente no mês de julho, tivemos 121 casos confirmados de Covid-19 na Santa Casa, mais que o dobro da soma dos meses anteriores. Com esse crescimento, todas as doações são bem-vindas, porque elas nos ajudam a continuar garantindo a qualidade dos atendimentos e a segurança dos pacientes e colaboradores”, afirma Eduardo Otoni, diretor executivo geral da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba.

A instituição, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba, é a responsável pela administração do Hospital de Referência em Covid-19 na capital paranaense. A unidade possui 110 leitos, sendo 50 de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 60 de enfermaria, todos destinados a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

A campanha #SantaCasaaFavordaVida foi lançada em março, alcançou a meta de arrecadar R$ 1,5 milhão em doações em junho e destinou mais de 60% desse valor para a compra de equipamentos e medicamentos.

Mais de 100 empresas de pequeno, médio e grande porte, do Paraná e de outros estados, se mobilizaram para ajudar, divulgando a campanha de forma voluntária, fazendo o transporte gratuito dos donativos e doando, por exemplo, álcool em gel e respiradores pulmonares, essenciais para tratar pacientes com insuficiência respiratória e quadros graves de coronavírus.

No site da campanha #SantaCasaaFavordaVida, é possível acompanhar a lista completa de apoiadores, as doações recebidas, equipamentos comprados e outros investimentos feitos com o que foi arrecadado, tudo de forma transparente.

“Seremos eternamente gratos aos profissionais que estão na linha de frente de combate à pandemia e também aos doadores. Ambos são verdadeiros heróis”, afirma Marco Sanfelice, gerente de captação de recursos da Santa Casa.

Formas de doação

Pessoas físicas e jurídicas podem participar dessa corrente de solidariedade. A doação é livre, ou seja, pode ser feita em qualquer quantia, uma ou mais vezes. Além de dinheiro, também são aceitos bens e insumos, que entram na contagem da arrecadação pelo valor médio de mercado.

Para pagamento via cartão, boleto, débito em conta ou depósito online, basta entrar no site santacasacuritiba.com.br/santacasaafavordavida/ e clicar no botão “doar”. Se preferir transferência bancária, é só acessar a mesma página e pegar os dados bancários.

A equipe de telemarketing também pode entrar em contato, e nesse caso, a contribuição pode ser feita mensalmente direto na conta de luz (Copel).

Outra forma de ajudar é adquirindo o livro “Santa Casa de Curitiba: Presente para o Futuro”, que resgata a história dos 140 anos do primeiro hospital da capital paranaense. A publicação é uma parceria com a Associação Médica do Paraná (AMP) e pode ser adquirida no valor de R$ 50 pelo site santacasacuritiba.com.br/museu/loja/.

Toda a renda obtida com a venda dos livros está sendo revertida para o combate à Covid-19.

Da assessoria/Foto: Santa Casa divulgação

SERVIÇO

Campanha Santa Casa a Favor da Vida

santacasacuritiba.com.br/santacasaafavordavida/

doesantacasa@santacasacuritiba.com.br

Telefones: (41) 3271-5721 ou (41) 99177-6299

Continuar Lendo

Esportes

CBF anuncia novas datas de confrontos da 3ª fase da Copa do Brasil

Publicado

em

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) remarcou datas e horários dos jogos de volta dos confrontos pela terceira fase da Copa do Brasil. As partidas serão realizadas entre os dias 25 (terça-feira) e 27 (quinta-feira) de agosto. Os duelos de ida foram disputados antes da paralisação do futebol no país, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

A competição será retomada às 16h (horário de Brasília) do dia 25, com o Afogados recebendo a Ponte Preta. A Macaca tem vantagem confortável, já que venceu o compromisso de ida, em Campinas (SP), por 3 a 0. No mesmo dia, às 19h, a Ferroviária visita o América-MG. Na primeira partida, em Araraquara (SP), as equipes ficaram no 0 a 0. Já às 21h30, no Rio de Janeiro, o Fluminense enfrenta o Figueirense, que ganhou o duelo anterior, em Florianópolis, por 1 a 0.

No dia 26, serão cinco jogos. Às 16h (de Brasília), o Cruzeiro encara o CRB em Maceió. O time da casa venceu o jogo de ida, em Minas Gerais, por 2 a 0. No mesmo horário, América-RN e Juventude jogam em Natal, depois do empate por 1 a 1 na partida anterior, em Caxias do Sul (RS). Às 19h, o Botafogo, que venceu o primeiro jogo por 1 a 0, visita o Paraná. Por fim, às 21h30, Goiás e Vasco se enfrentam em Goiânia, enquanto Vitória e Ceará duelam em Salvador. Goianos e cearenses levaram a melhor na ida, por 1 a 0.

Já dia 27, às 19h,  o Brusque recebe o Brasil de Pelotas, após ter vencido fora de casa por 1 a 0. E na sequência, às 21h30, em Porto Alegre, o São José-RS pega o Atlético-GO, que venceu em casa por 2 a 0, antes da paralisação do futebol.

As equipes classificadas à quarta fase terão os confrontos entre si sorteados para definição das vagas às oitavas de final. Os cinco times que avançarem se unem aos oito que iniciaram a temporada na Libertadores (Flamengo, Santos, Palmeiras, Grêmio, São Paulo, Athletico-PR, Corinthians e Internacional) e aos campeões de 2019 na Série B (Red Bull Bragantino),  nas Copas Verde (Cuiabá) e do Nordeste (Fortaleza).

A vaga na quarta fase garante uma bonificação de R$ 2 milhões por clube. Se o time que for o campeão tiver iniciado a participação na Copa do Brasil na primeira fase, a premiação arrecadada durante a competição pode chegar a quase R$ 80 milhões. Devido à pandemia, a decisão está prevista para ocorrer somente em 10 de fevereiro do ano que vem. (Agência Brasil)

Confira AQUI a tabela completa da Copa do Brasil.

Continuar Lendo

Tendência