Saúde

Boletim da Secretaria da Saúde do Estado registra 1.230 novos casos de coronavírus e 62 óbitos

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta terça-feira (20) mais 1.230 casos confirmados e 62 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 199.785 casos e 4.951 mortes em decorrência da doença. Há ajuste de casos confirmados detalhados ao final do texto.

INTERNADOS – Nesta terça-feira são 715 pacientes internados com diagnóstico confirmado de Covid-19: 587 em leitos SUS (271 em UTI e 316 em leitos clínicos/enfermaria) e 128 em leitos da rede particular (39 em UTI e 89 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 871 pacientes internados, 395 em leitos UTI e 476 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 62 pacientes. Todos estavam internados. São 24 mulheres e 38 homens, com idades que variam de 34 a 94 anos. Os óbitos ocorreram entre 28 de junho e 19 de outubro.

Os pacientes que faleceram residiam em Londrina (9), Maringá (5), Piraquara (5), São José dos Pinhais (5), Cascavel (3), Colombo (3), Ponta Grossa (3), Campo Largo (2), Curitiba (2), Ibiporã (2) Marechal Cândido Rondon (2) e Pinhais (2). O informe confirma ainda um óbito em cada um dos seguintes municípios: Arapongas, Assaí, Cambé, Fazenda Rio Grande, Guarapuava, Ibaiti, Japira, Jataizinho, Joaquim Távora, Lapa, Marialva, Mariluz, Nova Aurora, Paranaguá, Porecatu, Quatro Barras, São Pedro do Iguaçu, Tijucas do Sul e Tuneiras do Oeste.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento registra 2.092 casos de pessoas que não moram no Estado – 48 foram a óbito.

AJUSTES:

Um caso confirmado no dia 28/07 em Curitiba foi transferido para São José dos Pinhais.

Exclusões

Um caso confirmado no dia 19/09 em Cambará foi excluído por duplicidade de notificação.

Quatro casos confirmados nos dias 09/09 (1), 300/9, 01/10 (1) e 06/10 (1) em Cascavel foram excluídos por duplicidade de notificação.

Um caso confirmado no dia 05/09 em Chopinzinho foi excluído por duplicidade de notificação.

Dois casos confirmados nos dias 30/07 e 17/09 em Colombo foram excluídos por duplicidade de notificação.

Dois casos confirmados nos dias 04/09 e 06/10 em Curitiba foram excluídos por duplicidade de notificação.

Um caso confirmado no dia 10/09 em Fazenda Rio Grande foi excluído por duplicidade de notificação.

Dois casos confirmados nos dias 04/09 e 19/09 em Foz do Iguaçu foram excluídos por duplicidade de notificação.

Um caso confirmado no dia 31/08 em Francisco Beltrão foi excluído por duplicidade de notificação.

Três casos confirmados nos dias 25/09 (1), 29/09 (1) e 02/10 (1) em Itapejara d’Oeste foram excluídos por duplicidade de notificação.

Um caso confirmado no dia 21/08 em Paranaguá foi excluído por duplicidade de notificação.

Um caso confirmado no dia 22/09 em Pérola foi excluído por duplicidade de notificação.

Quatro casos confirmados nos dias 21/09 (1), 22/09 (1) 30/09 (1) e 02/10 (1) em São Jorge d’Oeste foram excluídos por duplicidade de notificação.

Continuar Lendo
Click para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Curitiba registra 16 óbitos e 1.571 novos casos de covid-19

Publicado

em

Nesta sexta-feira (27/11), Curitiba registrou 1.571 novos casos de covid-19 e 16 óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus, conforme boletim da Secretaria Municipal da Saúde. Doze desses óbitos ocorreram nas últimas 48 horas.

As novas vítimas são 11 mulheres e cinco homens, com idades entre 21 e 90 anos. Três não tinham fator de risco para complicações da covid-19.

Até agora são 1.694 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Novos casos

Com os novos casos confirmados, 75.015 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 60.348 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

São 12.973 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

UTIs do SUS

Nesta sexta-feira, a taxa de ocupação dos 339 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 está em 93%. Todos os pacientes que são internados com quadro de síndrome respiratória aguda grave vão para os leitos exclusivos covid-19 e não apenas os casos confirmados da doença. No momento restam 24 leitos livres.

Foram ativados, nesta sexta, cinco leitos de UTI adulto no Hospital Santa Casa.

Números da covid-19 em 27 de novembro

1.571 novos casos
16 novos óbitos (12 nas últimas 48h)

Números totais

Confirmados – 75.015
Casos Ativos – 12.973
Recuperados – 60.348
Óbitos – 1.694

(Fonte: SCPC)

Continuar Lendo

Saúde

Curitiba registra 11 mortes e 1.101 casos de covid-19

Publicado

em

Curitiba registrou nesta terça-feira (24/11), 1.101 novos casos de covid-19 e 11 óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus, conforme boletim da Secretaria Municipal da Saúde. Sete desses óbitos ocorreram nas últimas 48 horas.

As novas vítimas são seis homens e cinco mulheres, com idades entre 37 e 99 anos, que estavam internados. Todos tinham algum fator de risco para complicações da covid-19.

Até agora são 1.649 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Novos casos

Com os novos casos confirmados, 70.243 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 57.094 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

São 11.500 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

UTIs do SUS

Nesta terça-feira foram ativados mais dez leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 no Hospital de Reabilitação, que faz parte do complexo do Hospital do Trabalhador, e a taxa de ocupação dos 334 leitos está em 90%.

Todos os pacientes que são internados com quadro de síndrome respiratória aguda grave vão para os leitos exclusivos covid-19 e não apenas os casos confirmados da doença. No momento restam 35 leitos livres.

Números da covid-19 em 24 de novembro

1.101 novos casos
11 novos óbitos (7 nas últimas 48h)

Números totais

Confirmados – 70.243
Casos Ativos – 11.500
Recuperados – 57.094
Óbitos – 1.649

Fonte: PMC

Continuar Lendo

Esportes

Rancho Dalprá – Mais qualidade de vida com Equoterapia

Publicado

em

“É maravilhoso ver a felicidade nos olhos das pessoas que praticam equoterapia, e observar a evolução e a melhora na qualidade de vida delas. Os relatos dos pais e familiares contando o quanto mudou para melhor o dia a dia dessas pessoas, para nós é muito gratificante”, conta emocionado Rony Dalprá, que há mais de 10 anos implantou a Equoterapia no Rancho Dalprá.

EQUOTERAPIA – O Rancho Dalprá atende diariamente crianças, jovens e adultos de Quatro Barras, Campina Grande do Sul e região, o atendimento é feito por uma equipe multidisciplinar com fisioterapeuta, psicóloga e equitador. “As parcerias com as prefeituras de Quatro Barras e Campina Grande do Sul nos projetos contribuem para uma melhora significativa aos pacientes da equoterapia”, afirma Rony equitador.

MELHORAS

Aparecida Camargo, mãe do praticante Vitor Hugo, conta que desde o início das sessões de equoterapia ouve melhora no aprendizado e na coordenação motora. “Podemos observar melhoras na coordenação motora, na escrita, para desenhar, ele passou a dormir melhor. O Vitor pratica equoterapia há um ano e é  o dia da semana preferido dele, adora vir aqui, estamos muito felizes com os resultados”, conta.

MÉTODO TERAPÊUTICO

A equoterapia é um método terapêutico que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência e/ou com necessidades especiais. (ANDE – Brasil)

A fisioterapeuta Juliana Guimarães explica que a  equoterapia emprega o cavalo como agente promotor de ganhos a nível físico e psíquico. “Esta atividade exige a participação do corpo inteiro, contribuindo, assim, para o desenvolvimento da força muscular, relaxamento, conscientização do próprio corpo e aperfeiçoamento da coordenação motora e do equilíbrio. A interação com o cavalo, incluindo os primeiros contatos, os cuidados preliminares, o ato de montar e o manuseio final desenvolvem, ainda, novas formas de socialização, autoconfiança e autoestima”, relata.

O Rancho Dalprá, está completando 25 anos em 2020. Belos Cavalos, ar puro com clima ameno da serra e uma bela paisagem fazem do espaço um local perfeito para a prática de Equoterapia e Equitação. O Haras é ainda um local aconchegante, onde as famílias podem passar momentos agradáveis ao lado de belas raças de cavalos.

INDICAÇÃO

A prática da Equoterapia objetiva benefícios físicos, psíquicos, educacionais e sociais de pessoas com deficiências físicas ou mentais e/ou com necessidades especiais, está indicada para o tratamento de doenças genéticas, neurológicas, ortopédicas, musculares e clínico metabólicas, sequelas de traumas e cirurgias, problemas de aprendizagem e linguagem.

RANCHO DALPRÁ – O Rancho Dalprá está situado na Rua Carlos Rodrigues da Cruz 1495 (estrada do Posto Cupim), no centro de Campina Grande do Sul, Região Metropolitana de Curitiba. Telefone para contato: (41) 99243-0403.

DA REDAÇÃO – Por Jane Rita Lentcsh DRT 9996/Face da Notícia


A fisioterapeuta Juliane Guimarães, o empresário e equitador Rony Dalprá e a psicóloga Pamela Monik de Paula da Silva – Todos com formação comprovada pela Andi Brasil – Associação Brasileira de Equoterapia. 

Continuar Lendo

Tendência