Cidades

Começou no sábado (30) lockdown na área rural de Quatro Barras

Publicado

em

O Prefeito Angelo Andreatta – Lara decretou na sexta-feira (29), lockdown na área rural de Quatro Barras. A medida foi anunciada pelo prefeito em live publicada em rede social oficial do município. Durante a live, Lara que estava acompanhado do Comitê de Enfrentamento a covid-19, coordenadora, equipe de vigilância, biomédico, enfermeiras e a guarda municipal, afirmou que a medida é necessária para diminuir a curva de contágio do covid-19 no município.

“Após reuniões com o Comitê de Enfrentamento à Covid-19, anúncio o decreto de lockdown na área rural de Quatro Barras, tendo em vista o aumento dos casos de covid-19, e uma morte no município. Estou decretando bloqueio de toda a região rural, principalmente as que envolvem o Palmitalzinho, a Campininha, o Rio do Meio, Ribeirão do Tigre, Fazenda Lagoinha e a Estrada do Pocinho. A partir de hoje, toda essa região estará bloqueada com a supervisão da Guarda Municipal, com o acompanhamento da Vigilância e o apoio da Coordenação da Saúde. Pedimos que a comunidade ajude com relação a esse bloqueio, compreenda e apoie esse decreto que é necessário para que não haja contaminação comunitária para os outros bairros, essa medida é importante para termos mais tempo, para aliviar a curva, para reduzir a contaminação do coronavírus no município. Que Deus nos abençoe”, finalizou o prefeito.

Ruas bloqueadas

Haverá bloqueio total das ruas Nossa Senhora da Luz com acesso a BR-116, bloqueio total da Rua Ribeirão do Tigre com acesso a BR-116, fechamento total da Estrada Antiga da Casa de Pedra, assim como o bloqueio da Estrada do Pocinho. Serão liberados com controle de acesso a entrada da Campininha pelo Florestal – entrada pela rua Vicente Vidolin (próximo ao posto Costa Brava) assim como o acesso da Estrada da Graciosa com a BR 410.

Da redação

Continuar Lendo
Click para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Municípios da RMC fazem pacto para conter a pandemia

Publicado

em

Os municípios da Região Metropolitana de Curitiba formalizaram nesta segunda-feira (06), durante reunião do Fórum Metropolitano de Combate à Covid-19, um pacto para alinhamento de condutas de prevenção e controle do coronavírus. 

Sugerido pelo prefeito de Campo Largo, Marcelo Puppi, o Pacto Metropolitano foi encampado pelos demais prefeitos como estratégia para garantir unidade nas decisões relacionadas ao controle da pandemia e reafirma o compromisso de todos os municípios no cumprimento do decreto estadual que estabeleceu quarentena mínima de 14 dias para conter a propagação do vírus.

“Esse não é um problema isolado, por isso é importante o alinhamento para podermos gradativamente, e com segurança, voltar à normalidade”, disse o chefe da Casa Civil do Paraná, Guto Silva, na videoconferência promovida pela Assomec – Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba.

Segundo ele, o Governo já começa a perceber os resultados dos primeiros seis dias de quarentena que determina medidas mais restritivas. “Nosso objetivo é alcançar 55% de isolamento social, ainda não chegamos lá, mas a boa notícia é que a Região Metropolitana de Curitiba já está acima das outras regiões abrangidas pelo decreto”, disse.

LITORAL – Guto Silva também anunciou a inclusão dos municípios do Litoral na quarentana. Decreto nº 5041, assinado nesta segunda, acrescentou a 1ª Regional de Saúde de Paranaguá entre aquelas abrangidas pelo decreto publicado em 30 de junho. As medidas para os municípios do Litoral passam a valer a partir de quarta-feira (08).

UNIÃO – A videoconferência também avaliou resultados e discutiu estratégias para a retomada da atividade econômica. Para o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, a primeira semana da quarentena teve boa adesão na Capital. “Tivemos apenas 47 ocorrências de fechamento de estabelecimentos apenas no fim de semana, ou seja, a grande maioria está cumprindo as medidas”, afirmou. (ANPr)

Continuar Lendo

Cidades

Tempex – indústria especializada em vidros temperados

Publicado

em

Com 26 anos no mercado, a Tempex tem orgulho em dizer que cresceu junto com a Cidade de Pinhais

Há 26 anos, surgia em Pinhais a Tempex Vidros, uma empresa familiar que acreditou na economia local e com muito trabalho e dedicação, transformou aquele pequeno negócio em uma indústria próspera, dedicada a fabricação de vidros temperados. Atualmente conta com 40 colaboradores. “Quando comecei a empresa, em 1989, era especializada em instalações de vidros em obras residenciais e prédios comerciais. Mas a escassez da mão de obra, e a vontade de transformar aquele negócio em uma empresa ainda mais próspera e com mais geração de empregos, decidimos parar e mudar nosso ramo de atividade. Com uma atitude ousada, transformamos nossa empresa em uma indústria especializada em vidros temperados. Graças a Deus tudo deu certo e hoje posso dizer que valeu muito a pena, com trabalho e dedicação estamos colhendo os frutos, contamos com mais de 40 colaboradores, nossa empresa faz a diferença na nossa comunidade”, conta o empresário Gilson da Silva Fernandes.

Sucesso da empresa

O trabalho e a dedicação rendeu bons frutos, e hoje a Têmpera Tempex é uma empresa sólida e reconhecida pela marca e a qualidade nos produtos. “Temos orgulho em dizer que crescemos junto com Pinhais. O sucesso da Tempex vem do compromisso em oferecer produtos de alta qualidade, na nossa equipe formada por profissionais especializados. Somos uma empresa familiar que trabalha com dedicação e respeito aos clientes”, afirma Matheus Lana Fernandes diretor da empresa.

Produtos

Especializada em vidros temperados, buscando acompanhar as novidades do mercado, a Tempex está sempre inovando e investindo em tecnologias. Com um vasto portfólio tem a sua disposição a linha completa de vidros temperados. Entre eles: vidro incolor, vidros coloridos e vidros impressos. Conta ainda com uma variedade em perfis e ferragens, box pronta entrega, Janelas prontas e todo o ferramental necessário para a instalação de vidros temperados. Oferece produtos para vidraçarias, construtores e arquitetos.

Departamento comercial

Localização – A indústria conta com aproximadamente 1.800m2  de área construída e está localizada na Rua Salgado Filho, 1513, Pineville – Pinhais. Telefone: (41) 3669-6560 – www.tempex.com.br – Facebook: /tempexoficial instagram: @tempexvidros

Da redação/ Por Jane Rita Lentcsh-DRTPr 9996/Fotos: Valdir Lentcsh Face da Notícia

Linha Evolution – Nossas janelas prontas aliam alto padrão de acabamento com facilidade na instalação, manutenção e a segurança que só o vidro temperado proporciona. E isso tudo com uma relação custo benefício única no mercado. Perfis e fechos especiais anti-arrombamento, vidros 6mm e perfis sem frestas com vedação contra chuva e poeira.

 

A TEMPEX oferece ao amigo vidraceiro o Box para banheiro e kits de acessórios a pronta entrega nas cores: (incolor, verde, fume e bronze) (Kits: branco, bronze, natural, fosco e preto) gerando assim mais comodidade, agilidade para atender o seu cliente e também mais opções de produto.

 

 

Continuar Lendo

Cidades

Curitiba reforça prevenção e vai suspender aulas na rede municipal de ensino a partir de segunda-feira 23

Publicado

em

A Prefeitura de Curitiba vai suspender as aulas na rede pública de ensino municipal a partir da próxima segunda-feira (23/3) até o dia 12 de abril, em decorrência da pandemia de coronavírus. Estudantes que faltarem nesta semana (de 16/3 a 20/3) também terão faltas abonadas.

Essa semana de transição se deve, principalmente, a dois fatores. O primeiro é que a cidade ainda não registrou caso de transmissão comunitária (de pessoas que não viajaram para áreas de risco e mesmo assim foram contaminadas). Isso significa que o problema ainda está restrito. Outro motivo é para que as famílias possam se organizar em relação às crianças.

A recomendação da Secretaria Municipal da Saúde é para que as famílias evitem deixar as crianças com avós ou pessoas idosas durante esse recesso, já que os mais velhos formam o grupo de maior risco dos efeitos do coronavírus.

“Peço que todos compreendam esta decisão naquilo que ela é: uma forma de conter o avanço do problema e assim diminuir impactos futuros na rede de saúde de Curitiba”, disse o prefeito Rafael Greca

Nesta segunda-feira (16/3), o prefeito comandou reunião com secretários municipais na qual foram analisadas medidas contra a covid-19. “Não é necessário pânico ou alarmismo. É hora de reduzir as interações sociais na cidade”, afirmou Greca.

Há muitos poucos casos de letalidade em decorrência do coronavírus entre crianças e jovens em todo o mundo. Normalmente, pessoas contaminadas nessas faixas etárias desenvolvem a doença de forma similar a uma gripe comum. (Fonte/SMCS)

Continuar Lendo

Tendência